Ombré Hair!!!

Para quem ainda não ouviu falar, é uma técnica supernova de fazer mechas no cabelo que virou febre lá fora. Diferente das famosas mechas californianas, no ombré hair, as mechas são mais fortes, porém o cabelo não fica marcado, o degradê é sutil e dá um efeito iluminado, que chama a atenção.  Fica bem em qualquer tonalidade de cabelo! E o melhor, até cabelos cacheados ficam bons!

Cabelos loiros ficam próximos da tonalidade das atrizes  Cameron Diaz e Lively Blake :

Agora é só marcar uma horinha no salão…

Anúncios

Piquenique

 


Xedrez bombando…..


Fause Haten Inverno 2011 – SPFW

Como prometido anteriormente,  elegi  o desfile da marca FH Fause Haten para mostar nesse post de hoje. Em parte, porque ele está bem clean, sem excessos e é mais fácil para quam não está acostumado com moda fazer a leitura. Mesmo sentindo falta de uma proposta super inovadora, o desfile representa o inverno comercial..se é assim que podemos definir, as roupas representam bem o que iremos encontrar nas lojas brasileiras: cores sóbrias, transparência, muito brilho e couro!

Em seu release Fause explica: “Pensava em cor e não tinha nenhuma vontade, pensava em tecidos e não achava nada que me agradasse. Então resolvi aceitar o Nada que se apresentava. Como fazer uma coleção exercitando o vazio?”

Confiram:

 

fh_i11_002_alta

fh_i11_009_alta

fh_i11_008_alta

fh_i11_025_alta

fh_i11_015_alta

fh_i11_033_alta

fh_d_i11_006_alta

 


Patriotismo debaixo d’água – SPFW

Rolou esses dias o SPFW… e lógico, não deixei de conferir os desfiles e todos os babados que estão rolando! Conforme for, vou comentar mais sobre os desfiles, falar do que eu mais gostei e resumir a proposta brasileira para o inverno…que NÃO VEJO A HORA DE CHEGAR!

Porém, nesse primeiro post, vou abordar uma insensibilidade que não pude deixar de notar da nossa querida grife Cavalera, que levou a sério o negócio de patriotismo! Se já não bastava o Brasil todo estar debaixo d’ água… o SPFW também encerrou da mesma maneira. Pois é!

Confira o desfile:

O tema do desfile foi Nova República, “que proclama o contato humano, celebra o coletivo, reclama o beijo, protesta contra o solitário espetáculo do mundo da fama, instigando o imaginário desse desejo esquecido”

cava_i11_007_alta

cava_i11_037_alta

cava_i11_035_alta

cava_i11_047_alta

cava_i11_041_alta

cava_i11_070_alta

cava_i11_052_alta

cava_i11_085_alta

As roupas apresentadas são bem comerciais e tem muita semelhança com os desfiles antriores da grife, que são regados a camisetas , estampas nacionalistas…e pelo que parece agora, A CHUVA também.


Roupa de Papel?

Os vestidos da coleção são feitos de papel coreano durável e reciclado, complementados com fecho de zíper. Importante citar, que cada peça é enviada em uma embalagem envelope, com uma pequena história por trás da imagem e do fotógrafo. Mesmo feitas de papel, este novo conceito em arte visa protestar contra os produtos descartáveis. As peças não podem ser rasgadas, são resistentes à água e a produtos químicos, mas devem ser limpas apenas com pano úmido. Nikicio disponibiliza os produtos em tamanho único, mas instiga seu cliente a personalizar os vestidos: deixá-los mais curtos, modificar o decote ou mesmo amarrar laços para mudar o tipo de cintura.

Essa criação toda se deve a estilista Nina Nikicio, que acreditem, ela veio da Indonésia….um mercado um tanto incomum no ramo da moda.

743-10-05_20100930_1718

papel01

papel02

 

Fashion around the world!


Grunge Vintage

Os anos 90 sempre retornam nos looks com tudo! essa mistura a la Kurt Cobain com floral da edição #13 da revista No Magazine, com a modelo Cece Yost deu supercerto:

95n30g

r8fb0w

2hfrou8

10n7p5x

120p65d

2mezpqs

 

Jeitinho vintage rebelde!


Lost Boys

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Esse editorial me matou….de suspiros.. aiaiii…

 

By Ash Stymest & Luke Worrall


%d blogueiros gostam disto: